Menu fechado

Existe uma diferença em uma dieta de cão idoso?

Você odeia admitir isso, mas seu amigo peludo está ficando um pouco mais velho. Você quer garantir que seu animal esteja feliz e saudável por muitos anos. Você já ouviu falar de tudo sobre as novas dietas para cães e outros para animais de estimação mais velhos. Existe realmente uma diferença entre ração para cães adultos e ração recomendada especificamente para idosos? Como você sabe quando mudar seu animal de estimação para uma dieta diferente?

Como saber quando mudar a ração?

O melhor recurso para obter informações sobre dietas para cães é o veterinário do seu animal de estimação. Só você e seu veterinário sabem as necessidades específicas do seu animal de estimação o melhor. Discuta com seu veterinário suas preocupações e perguntas. Ele ou ela será capaz de aconselhá-lo sobre quais mudanças, se houver, precisam ser feitas na dieta do seu cão.

Se o seu cão mais velho não tiver problemas de saúde e mantiver um peso saudável, não há necessidade de alterar a dieta do seu cão de adulto para comida de cachorro idoso. Por outro lado, se o seu cão tiver dificuldade em manter o peso ou problemas digestivos, talvez seja necessário trocar. Se o peso é o único problema, considere abaixar ligeiramente a quantidade de comida de cachorro que você dá ao seu animal de estimação. Esta pode ser toda a mudança que a dieta do seu cão requer.

Quando um cão se torna idoso?

Um cão idoso é classificado como um cão no último terço de sua vida. Cães maiores, por exemplo, um Great Dane, vivem com cerca de 9 anos de idade. Por volta do sexto ano de vida, você pode querer considerar a dieta de um cão mais velho. Um poodle, por outro lado, não alcançaria status sênior até
Cerca de dez anos, devido à maior expectativa de vida. Primeiramente, a decisão de mudar a dieta do seu cão deve basear-se na condição de saúde e não na idade real em anos. Seu veterinário irá ajudá-lo a determinar quando a hora certa é alterar a dieta do seu cão.

Comida para cães especialmente preparada para cães idosos tipicamente tem menos calorias. Isso ajuda a combater qualquer problema de peso. A comida de cachorro sênior também contém mais fibra para as diferentes necessidades na dieta do seu cão. Como os cães envelhecem, eles tendem a sofrer de constipação. Esta fibra extra ajudará a resolver este problema.

Insuficiência renal pode ser outro problema médico para cães idosos. Como a dieta do seu cão pode ajudar este problema?

Reduzir a quantidade de proteína na dieta do seu cão irá diminuir a carga de trabalho para os rins. Por essa razão, a ração para cães com maior frequência tem menor teor de proteína do que as fórmulas adultas comuns.

Sempre que possível, permita que seu cão coma ração seca para estimular uma excelente saúde bucal. O croquete seco ajuda a reduzir o acúmulo de placa e tártaro. Se seu animal de estimação mais velho se recusar a ingerir a comida, talvez seja necessário umedecê-lo com água ou comprar variedades enlatadas e úmidas.

Se o seu veterinário recomenda, suplementos podem ser úteis como parte da dieta do seu cão sênior. Alguns animais de estimação não conseguem se alimentar adequadamente devido a problemas orais. Outros animais de estimação mais velhos são incapazes de coletar todos os nutrientes de seus alimentos por várias razões de saúde. Suplementos como vitaminas diárias e glucosamina podem ser benéficos para manter uma dieta saudável para o seu cão.

Em que a glucosamina ajuda?

A glucosamina ajuda a estimular a saúde das articulações. Para cães idosos, a glucosamina pode combater a artrite e a displasia da anca.

As vitaminas C, A e E podem prevenir o processo natural de envelhecimento e incentivar uma saúde melhor para os cães idosos. Converse com seu veterinário sobre como adicionar esses suplementos à dieta do seu cão.

Você quer o que é melhor para o seu animal de estimação. Seu cão sênior precisa ter uma dieta que atenda às suas necessidades nutricionais especiais. Você e seu veterinário podem trabalhar juntos para decidir qual é a melhor dieta para o seu cão mais velho. A dieta do seu cão afeta diretamente a sua saúde. Cuide de seu animal de estimação, monitorando a dieta do seu cão de perto com a ajuda de seu veterinário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *