Menu fechado

O papel do cálcio na dieta do seu cão

É importante que a dieta do seu cão contenha todas as vitaminas essenciais para garantir uma saúde excelente. Um dos nutrientes importantes na dieta do seu cão é o cálcio. Quando pensamos em cálcio, dentes e ossos fortes vêm à mente. A dieta do seu cão deve ser rica em cálcio para sustentar dentes e ossos saudáveis, mas existe um equilíbrio delicado em relação ao cálcio e à dieta do seu cão.

Qual a importância do cálcio?

É possível ter muito ou muito pouco cálcio na dieta do seu cão. Quando a dieta de um cão contém muito pouco cálcio, seu cão pode desenvolver uma condição chamada raquitismo. Essa condição cria ossos moles que se dobram sob o peso do seu cão.

Em contraste, muito cálcio também pode criar anormalidades ósseas. Cães de raças grandes, por exemplo, que recebem muito cálcio como filhotes em sua dieta, desenvolvem ossos grandes com baixa densidade. A força é um problema com esses ossos, devido à grande quantidade de suplementos de cálcio.

Quando a dieta do seu cão contém níveis adequados de cálcio, tais anormalidades ósseas ocorrem com pouca frequência. Este é apenas mais um motivo para selecionar cuidadosamente uma dieta adequada para o seu cão. Sempre consulte seu veterinário para determinar a melhor quantidade de cálcio na dieta do seu cão.

Qual o seu papel?

O cálcio desempenha um papel importante na dieta do seu cão, mas outras vitaminas e nutrientes trabalham de mãos dadas com o cálcio. Alguns minerais são interdependentes. O cálcio passa a ser um desses nutrientes minerais.

O cálcio trabalha em conjunto com o fósforo. Um equilíbrio dos dois nutrientes cálcio e fósforo deve existir em uma proporção saudável para garantir uma dieta de cão que irá maximizar as vantagens potenciais para o seu animal de estimação. Estudos envolvendo nutrição animal mostram que uma proporção de 1,0 a 2,0 partes de cálcio deve ser acoplada a 1,0 parte de fósforo. Quando as razões de cálcio e fósforo variam muito desta faixa, resultam problemas ósseos.

Qual dieta não é boa para obtenção de cálcio?

As dietas para cães, que consistem exclusivamente de carnes, não fornecem a quantidade adequada de cálcio e fósforo para criar ossos saudáveis. Tal dieta resulta em uma proporção de cerca de 1,0 parte de cálcio para 18 partes de fósforo. A faixa de absorção é onde o problema começa.

A vitamina D é outro nutriente que influencia a absorção de cálcio e fósforo. Se a dieta de um cão não tiver a quantidade adequada de vitamina D, os outros nutrientes não fornecerão todos os benefícios para seu animal de estimação. Quantidades excessivas de vitamina D podem ter efeitos tóxicos no seu cão. É imperativo manter níveis adequados de vitamina D na dieta do seu cão. Mais uma vez, alimentando seu alimento de cão de uma empresa respeitável permitirá que você confie em saber que a dieta do seu cão é saudável.

O que fazer durante a gravidez do cão?

Durante a gravidez ou quando seu cão está amamentando, níveis mais altos de cálcio são importantes na dieta do seu cão. Neste momento, alimente seu animal de estimação com quantidades extras de ração balanceada. Você não deve ter que complementar seu animal de estimação neste momento.

A febre do leite, ou eclâmpsia, não pode ser evitada com suplementos de cálcio. A eclâmpsia não é uma deficiência nutricional, mas uma condição metabólica que afeta o cão depois que os filhotes nasceram e começam a amamentar.

Evite suplementar a dieta do seu cão com cálcio ou outros nutrientes sem discussão específica com o seu veterinário. Quando o cálcio, por exemplo, está fora de equilíbrio, a saúde pode realmente ser afetada negativamente. Alimentar o seu cão uma dieta equilibrada é essencial. Empresas de alimentos para cães de renome pesquisaram nutrição animal para garantir a melhor saúde possível para o seu cão. Fornecer a dieta do seu cão em uma fórmula saudável e equilibrada pode ser a melhor maneira de cuidar do seu animal de estimação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *